Ibovespa cai mais de 5% e dólar passa de R$ 5,53, de olho em Petrobras

Ibovespa cai mais de 5% e dólar passa de R$ 5,53, de olho em Petrobras

O principal índice da bolsa de valores brasileira, o Ibovespa, opera em forte queda, enquanto o dólar sobe em relação ao real, com o mercado repercutindo as últimas notícias envolvendo a Petrobras. Além do mercado de câmbio da bolsa, os receios dos investidores sobre a interferência política em estatais afetam também a curva de juros futuros e o risco país nesta segunda-feira (22).

Por volta de 11h55, o Ibovespa caía 5,22%, aos 112.253 pontos, depois de chegar na casa dos 111 mil pontos no pior momento do dia. Já o dólar avança 2,02%, cotado a R$ 5,4962, após chegar a R$ 5,5337 na máxima do dia. A moeda segue avançando mesmo depois da ação do Banco Central, que vendeu US$ 1 bilhão em contratos de swap cambial diante do nervosismo dos mercados.

Leia mais:

A política intervencionista do presidente Jair Bolsonaro na Petrobras afeta ainda as ações de outras empresas estatais, como Eletrobras e Banco do Brasil. O mercado reage ainda à percepção de desgaste do ministro da Economia, Paulo Guedes, causando receio nos investidores nacionais e estrangeiros.

Destaques da bolsa

Perto do mesmo horário, as ações da Petrobras (PETR3 e PETR4) caíam mais de 18%. Banco do Brasil (BBA3) perdia mais de 10%.

Eletrobras (ELET3 e ELET6) também tem dia de perdas, após Bolsonaro dizer, no final de semana, que depois das mudanças na Petrobras também iria “meter o dedo na energia elétrica”.

Na ponta positiva, as ações das Lojas Americanas (LAME4) liderava os ganhos, enquanto sua controlada B2W (BTOW3) também subia. As duas empresas anunciaram que estudam uma combinação de suas operações.

Bolsas globais

O índice de blue-chips (ações mais negociadas) da China registrou a maior queda diária em quase sete meses nesta segunda, depois de tocar máximas recordes na semana passada, com os investidores preocupados com as altas valorizações das ações e o risco de aperto da política monetária.

  • Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,46%, a 30.156 pontos.
  • Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 1,06%, a 30.319 pontos.
  • Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 1,45%, a 3.642 pontos.
  • O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 3,14%, a 5.597 pontos.
  • Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,90%, a 3.079 pontos.
  • Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,42%, a 16.410 pontos.
  • Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,02%, a 2.881 pontos.
  • Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,19%, a 6.780 pontos.

*Com Reuters e Estadão Conteúdo

O Home Broker dos sonhos é grátis! Conheça agora!

Sr Administrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *